Laura Pausini

Martedì, 25/04/17

Ultimo aggiornamentoSab, 08 Ago 2015 4pm

  • REGISTER
    *
    *
    *
    *
    *
    *

    Fields marked with an asterisk (*) are required.

Dove l'aria è polvere - Onde o ar é poeira

Crônica do dia em que
A águia voou
Sobre a fronteira onde o ar é poeira
História de um menino que
Essa águia encontrou
E teve seus braços estendidos
A quem seus braços lhe roubou

E um soldado lhe contou
De como o céu escureceu
E em terra,  chorou
Gritando de ódio
Mas o que é liberdade?
E qual é seu significado?
Não se pode acreditar em uma bandeira se...
É o sangue o vencedor, o vencedor

A águia não dorme mais
Sacrifica os seus heróis
Coloca a mostra suas estrelas e seus troféus
O menino é órfão de casa e de poesia
Para a indiferença que
A guerra tem dentro de si

E um soldado lhe contou
De como o tempo parou
A terra chorou lágrimas
De vinagre e granizo
Mas o que é a verdade?
E qual o seu significado?
Não se pode acreditar em uma bandeira se...
É o sangue o vencedor

Mas o que é a liberdade?
E qual é o seu significado?
É o sol que não surge mais
É o escuro sobre nós

E um soldado lhe contou
De como o céu escureceu
De como vencer; há uma bandeira que
Tem o sangue dentro de si

Dentro de si... me diga o que é
a liberdade... o que é?

Frase del giorno

Vivimi senza vergogna, anche se hai tutto il mondo contro, lascia l´apparenza e prendi il senso e ascolta quello che ho qui dentro
Seguici su Facebook

Questo sito utilizza cookie, anche di terze parti, per migliorare la tua esperienza e offrire servizi in linea con le tue preferenze. Chiudendo questo banner, scorrendo questa pagina o cliccando qualunque suo elemento acconsenti all'uso dei cookie. Se vuoi saperne di piu' o negare il consenso a tutti o ad alcuni cookie vai alla sezione